quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010

Da série: Trovas inoportunas e cortes homéricos

Vermelho do sol

Se ele fosse um turista qualquer ela nem o teria reparado. Mas era o turista mais branco e com os pés mais vermelhos do sol que ela já havia visto.

Se ela não fosse tão morena, ele nem a teria reparado. Se não tivesse aquelas coxas também, se a bunda fosse um pouco menor e com mais celulites, se os seios fossem menos rijos e redondos, se o rosto não fosse desenhado e os olhos azuis não contrastassem com o bronze ele nem a teria notado. Se aquele cabelo loiro dourado não fosse tão ondulado e se o vento não os deixassem esvoaçantes e ainda mais brilhosos ele nem saberia que existia e não teria ido falar com ela. Porém, era assim e foi.

-Tem uma coisa que eu preciso te dizer – falou.
- É mesmo?

Ai Deus, se a voz também não fosse tão rouca e sexy não teria ficado tão excitado e nervoso.

-É, eu queria dizer que tu é uma baita de uma gostosa, que combinaria muito bem na minha cama.

Ela sorriu, jogou a cabeça para trás para que o cabelo ajeita-se à fronte e respondeu:

- Eu também tenho algo a lhe dizer. Algo que desde o primeiro momento que o vi me tomou por completo. Algo tão diferente, mas tão diferente que me arrebatou de tal forma que eu não conseguirei passar mais um minuto sem dizer. Preciso desabafar.

- Pois diga, querida, diga tudo o que aperta são coração.

- Vou dizer, preciso dizer, é mais forte do que eu.

- Diga, vai.

- Nos pés também se passa protetor solar, seu tonto.

4 comentários:

Marco H. Strauss disse...

Valeu a coragem que teve - sendo "branquelo" e mais ainda por estar vermelho do Sol - falar com tal loira que descreveu, coragem do TURISTA!!!
Parabéns, já providenciei uma risada para o texto! :D
abraço

Guilherme Koplin disse...

Todo homem tem um "turista" dentro de si!
auehauehuaeha
Mas como todo ser humano hipócrita... digo com gosto:
- TOOOOMA TURISTA SEM VERGONHA... UAHEUHEUAHEU!!!

Bom texto Ricardo...
Abraçows

Ricardo Bertolucci Reginato disse...

Gracias pelos comentários.
De fato todos somos um pouco do "turista", alguns mais respeitosos, outros menos. :p

Fredi_Bazzan disse...

Massa, meu... mt boa a idéia...
Dei risada aqui, imaginando a cara do polaco... heuehuiehei