terça-feira, 24 de fevereiro de 2009

O que é nosso ta guardado e abençoado por Jah

As vezes a gente se sente meio desprotegido. É como se um pedaçinho da gente estivesse de desprendendo do corpo, e andando em meio ao esmo, em meio a um mar de nada. As coisas parecem tomar um rumo meio de repente, assim, como uma surpresa, algo que tu não imagina acontecendo.

Mas ai, meu amigo, tu começa a entender que o tempo está passando e que tu já não é mais aquele guri que sentava lá no fundo da sala no colégio, aquele guri que só incomodava os professores, e que falava o tempo todo. Tu percebe, que cresceu, e com o teu crescimento, vieram as responsabilidades, e foram-se amigos.
É tão ruim, quando tu espera que as coisas possam se resolver sozinhas, e tu entende então, que não é assim, que tu precisa abrir teus olhos e buscar o teu futuro, mas que pra isso, é preciso coragem, é preciso acima de tudo, ter certeza do que tu quer.

Com isso, não me estenderei mais, fiz esses meros parágrafos, nesse texto medíocre, feito por um blogueiro medíocre, numa ressaca de carnaval. Mas o fiz com um único pensamento, desejar boa sorte e toda a benção de Jah aos meus amigos Cristian Gló, e Rodrigo Pudim, que estão indo em busca de algo novo. Que tiveram coragem de arriscar, e ao contrário dessa criatura que vos fala, vão buscar o seu futuro, onde ainda há um futuro os esperando.

2 comentários:

Cristian Schnidger disse...

Cara, eu queria ter escrito esse texto, hehe... Mas pode ter certeza velho, que a tua hora chega. E quando chegar tu vai decidir pelo melhor da tua vida, o que aliás acho que tu está fazendo.
Muito obrigado pela força, e saiba que tu é um grande irmão! Sempre broder!

Grande abraço!

Lara disse...

saudade da família Titanic :~
but, se é pra ser o melhor, que seja entao.
a falta vai ser grande..